Aviação russa destruiu a sede do Estado Islâmico na Síria

As Forças Aeroespaciais atacaram à noite 8 posições do Estado Islâmico na Síria. Foram realizados mais de 20 voos de aviões Su-24m e Su-25.

Aviação russa destruiu um posto de comando e um armazém com munições na região de Idlib na Síria em resultado de ataques contra as posições do Estado Islâmico na noite precedente, informa o serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia.

“Foram destruídos a sede de grupos terroristas, um armazém de munições na região de Idlib, bem como um posto de comando fortificado de três níveis próximo da povoação de Hama”, diz-se no comunicado.

À noite aviões russos liquidaram uma fábrica onde terroristas prepararam carros com explosivos.

Mais de 50 aviões e helicópteros da Força Aérea russa estão envolvidos na operação contra as posições do Estado Islâmico na Síria, informa o serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia.

“O grupo de aviação foi instalado de forma muito rápida. Fomos capazes de fazer isso porque a parte principal das reservas de recursos materiais e armas estavam guardados no ponto de assistência material e técnica em Tartus [Síria]. Tudo que faltava fazer foi instalar a aviação e levar algum equipamento”.

A Rússia realiza ataques aéreos somente fora da zona povoada na Síria e utiliza informações confirmadas da inteligência.

“Para evitar danos aos civis, os ataques aéreos russos visam locais rigorosamente fora das povoações e são baseados em dados de inteligência confirmados de várias fontes”, disse o serviço de imprensa.

Na manhã desta quarta-feira (30), o presidente russo Vladimir Putin pediu a permissão do Conselho da Federação russo para usar as Forças Armadas russas fora do país. O Senado russo aprovou este pedido por unanimidade.

Pouco depois se tornou público que as Forças Aeroespaciais russas deram início à operação aérea contra os terroristas do Estado Islâmico na Síria

[Total: 0    Média: 0/5]
Sobre Administrador 29 Artigos
O ponto de encontro da aviação brasileira.

1 Comentário em Aviação russa destruiu a sede do Estado Islâmico na Síria

Deixe uma resposta